quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Amigas, amigas, homens à parte...


É incrível como sabemos o que fazer com os problemas dos outros. Somos as mulheres mais bem resolvidas quando o assunto é homem alheio. Somos as fodonas; botamos pra foder! Homem com a gente come miudinho. Mas claro, na teoria. Dizer pras amigas “não ligue; não atenda; termine” é muito fácil. “Ah se fosse comigo…” mas cá pra nós..quando é com a gente o buraco é BEM mais em baixo!

Ontem eu estava na casa de uma amiga minha e uma amiga dela tinha terminado com o namorado. Outra amiga delas, estava lá enchendo a “viúva” de conselhos:

- Ele não presta pra você…suma da vida dele…não ligue mais...esqueça ele…

Fiquei calada pois não conhecia direito as meninas…mas minha vontade foi de dizer exatamente o contrário:

- Se vc gosta, fique com ele.

Sabe por que? Porque eu sou a favor do amor sempre. Pra mim, amar é mesmo tudo. É claro que existem relacionamentos que a gente sabe que o final não vai ser feliz…mas acho que mesmo assim, o amor deve ser gasto até o fim. Acho melhor esquecer a pessoa estando com ela, do que longe. Porque longe dá uma frustração de não ter dado certo. E estando perto, amor é admiração…e quando vc convive com uma pessoa que só te faz sofrer, uma hora seu amor próprio vai falar mais alto. Uma hora vc vai passar a achar àquela pessoa que vc achava perfeita, um cocô. E não tem como vc amar sem admirar. É só uma questão de tempo. Além do mais, é muito melhor vc dar um pé na bunda do que receber. Então sou a favor de manter o relacionamento enquanto existir sentimento. Vamos ser realistas!! Se vc não está forte o suficiente pra encarar uma separação, então se assuma fraca e fique com o canalha até vc se sentir capaz de sair da relação mais forte. Agora ficar fudida, sofrendo, chorando, sem forças nem pra trabalhar só pra dar uma de forte….é hipocrisia…quando vc não tem escolha, é uma coisa. Mas se vc tem…meu conselho é: fique com o desgraçado e vá desapegando dele COM ELE.

Além do mais, quando estamos com raiva dos nossos amados, esculhambamos eles pra nossas amigas. Aí depois voltamos, ficamos de boa e a amiga com raiva do cara…vamos combinar que nem sempre tudo que falamos é de fato verídico. Pelo menos eu, sou dramática, exagerada e extremista. Com raiva então…

Só quem está no relacionamento é capaz de saber o que de fato acontece. Essa história de quem tá de fora enxerga melhor, pra mim, é mito. Acho o contrário. Exatamente por estarmos envoltos em nossas emoções, somos capazes de decidir nossa vida. Afinal, quem sente a dor somos nós. E não quem está de fora. É muito fácil falar quando se está de fora...mas quem está de fora nao está sentindo a dor...nem o amor...por isso, eu sou sempre a favor do SENTIMENTO.

Por isso, por mais que eu ache que o cara nao presta pra alguma amiga minha, meu conselho será sempre: faça o que seu coração mandar. Não posso me responsabilizar pelas escolhas dos outros. Porque lá na frente a pessoa vai pensar se der errado: "pra que fui ouvir fulana..." Já basta os MEUS karmas...cada um com seu cada qual...posso até dizer o que eu penso..mas sempre ressalto que a pessoa deve seguir seu coração e que na MINHA visão eu vejo daquela forma..mas só ela sabe o que sente de verdade. Porque muitas vezes as pessoas terminam relacionamentos preocupadas com o que as amigas vão pensar..."vão pensar que sou otária.." pois que pensem...pq na prática, se tratando de amor, todo mundo é otário. Essa é a verdade.

Além do mais eu mesma não sou muito de ouvir conselhos. Na verdade eu não ouço ninguém. Gosto sempre de ouvir a opinião dos outros, mas no fim, quem decide sou eu. Prefiro tentar e errar por mim mesma do que viver na dúvida do "SE"...

Em briga de marido e mulher não se mete a colher...já dizia minha avó...

Amigas são para apoiar a qualquer decisão que vamos tomar. E o principal: estarem preparadas para enxugar nossas lágrimas se errarmos.


;)


See ya!

2 comentários:

bê disse...

Eu não pensava assim, assumo.
Eu falava o "nao liga, nao procure, se valorize.."

mas...........

eu estava enganada.

depois de 8 anos de namoro, passando por essa crise braba, rsrs, percebi q n posso e nem quero ser assim.

pq afinal, foi o q eu fiz. fiquei junto, e estamos enfrentando essa JUNTOS.
e enquanto me davam o conselho q eu msm ja dei a varias pessoas eu pensava..
"po, mas eu qquero ligar, quero ouvir a voz, sentir o cheio..."

e foi o q eu fiz.
e deu certo.

quer saber?

obrigada.
pq vc me fez ver q essa de falar pras pessoas n ligarem e tal, nao esta com nada!!!

ta afim? corra atras!

Afinal, Deus fala com a gente atraves dos nossos coraçoes, entao, OUÇA-O!!!!!!


beijao boo...

Mônica disse...

Que lindo seu blog Bruninha....o nome, o saltinho, as imagens e principalmente os seus textos. Parabéns. Sou sua seguidora agora

Bjo grande